Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 16 de maio de 2018.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Fernando Albrecht

Começo de Conversa

Notícia da edição impressa de 16/05/2018. Alterada em 15/05 às 21h13min

Os três grandes

FREDY VIEIRA/JC
Foi bom o bate-papo, ontem, com três especialistas em economia e, sobretudo, em Brasil e Rio Grande do Sul, no painel comemorativo aos 85 anos do Jornal do Comércio. Gilberto Petry (Fiergs) Luiz Carlos Bohn (Fecomércio) e Gedeão Pereira (Farsul) se mostraram um trio afinado. Petry chegou a lamentar que o encontro não tivesse mais uma hora de debates.

Uma quebra diferente

Foi de Gilberto Petry uma frase sobre a situação crítica dos Correios. "Um monopólio quebrar, nunca vi disso!" Ao abordar restrições de vários países que alegam problemas sanitários nas nossas exportações, Gedeão Pereira fez questão de ressaltar que hoje somos players indispensáveis para o mundo, e que por isso mesmo a fiscalização sanitária deveria ser severa ao extremo.

Gaúcho pulador

O dirigente da Farsul abordou uma certeza história, a migração de empreendedores gaúchos do campo para outros estados, realmente decisiva para o aumento da produção agropecuária. Recorde-se que o então governador da Bahia, Antônio Carlos Magalhães, certa vez disse ao colunista que tinha admiração pelo "gaúcho pulador", que saiu do Rio Grande do Sul, fez um "estágio" nos estados vizinhos e depois foi até Tocantins.

A retirada

Diálogo entre empresários em uma cafeteria do Centro Histórico de Porto Alegre versava sobre a possibilidade do segundo turno ser decidido entre Ciro Gomes (PDT) e Jair Bolsonaro (PSL). O que fazer, em quem votar? Todos coçaram a cabeça, menos um:
Eu fujo simplificou.

Eu fora

Um dos nomes de prestígio do PT e cumprindo o quarto mandato, o deputado estadual Adão Villaverde anunciou na tribuna que não vai disputar a reeleição "em tempos de obsessões obscurantistas e embrutecimentos conservadores". Villaverde voltará para seu escritório de engenharia e também atuará como professor universitário.

Novo no Novo


NOVO/DIVULGAÇÃO/JC
Mais um quadro da iniciativa privada está disposto a encarar as eleições deste ano. O Partido Novo deve apresentar neste sábado a pré-candidatura do empresário do ramo de seguros Sérgio Wais. Ele está participando de processo seletivo interno e estrutura sua candidatura com os Voluntários30, grupo que trabalha na construção e expansão do Novo Rio Grande do Sul.
 

Bola fora

Leitor recebeu e-mail de uma rede de eletrodomésticos anunciando a venda de TV de 55 polegadas tela plana HD por R$ 1.699,00. Louco para clicar na oferta, resolveu antes disso entrar no site oficial da empresa para conferir o preço da TV em tela plana em 12 parcelas sem juros. Descobriu que o mesmo aparelho estava custando na promoção R$ 3.190,00, ou seja, quase o dobro da "oferta imperdível".

Tão perto, tão longe

O Uber mudou o GPS padrão que utilizava, o Google Maps, para seu próprio sistema. Resultado: as viagens são mais longas, percorrem ruas com mais sinaleiras e que nem mesmo estão menos congestionadas que outras rotas. A página observou esse quadro em várias corridas do aplicativo. Motoristas alertados para o trajeto mais longo se queixam da troca, até porque, em muitas viagens, já conhecem o caminho mais curto.

Miúdas

  • PRESIDENTE Michel Temer (PMDB) precisa demitir o fazedor de slogans. Parece até que ele é um oposicionista radical.
  • PIOR do que Donald Trump, ele não faz bobagens de improviso, é bobagem pensada. De que lado ele está, afinal?
  • MESMO com inflação baixa, alguns estabelecimentos mais prendados do bairro Moinhos de Vento aumentaram os preços em 20% ou mais.
  • DEVE ser efeito do dólar alto. Ou do petróleo. Ou do olho grande.
  • FALTA de quórum na Assembleia Legislativa impediu votação de projetos. Deve ser ressaca do fim de semana.
  • TODO político de renome preso escreve livros para manter acesa a chama. O ex-presidente Lula (PT) escreverá o seu?

Finais

  • VINI Cordeiro é o novo contratado da agência Vossa.
  • CICLO do Conhecimento Weinmann - Novos testes diagnósticos para vírus respiratórios para médicos é hoje/19h30min/Shopping Iguatemi. Informações em weinmann@teleeventos.com.br.
  • PELOTAS recebe o 1º Festival de Churros neste fim de semana/Parque Dom Antônio Zattera/de amanhã até dia 20.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Francisco Berta Canibal 16/05/2018 06h16min
Debate sobre invest. em nosso Estado prevendo uma retomada futura, comporta investimentos no Porto de Rio Grande, duplicação das BR 290 e 116, levar adiante o projeto do Porto de Tramandaí, investimento pesado na geração e distribuição de energia, e programa para o setor primário de sustentação da ativiadade várias no campo, que esta sendo abandonado, resolver o caso das papeleiras, e providenciar atualização do projeto Ibicuí- Jacuí, viabilizando a navegação interna, sem isto nada.